Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Longo Caminho para casa

A sina, o caminho, ou simplesmente uma história. Um caminho igual a tantos outros, ou, uma história de vida, semelhante a tantas outras vidas. Uma história vivida, ou apenas fruto da minha imaginação.

Longo Caminho para casa

A sina, o caminho, ou simplesmente uma história. Um caminho igual a tantos outros, ou, uma história de vida, semelhante a tantas outras vidas. Uma história vivida, ou apenas fruto da minha imaginação.

18
Mai19

Longo Caminho para Casa - Trinta e Oito


Longocaminhoparacasa

                             aborto-1

Foi então que numa noite fria de solidão sentida, Maria pegou no diário, ajeitou a caneta e escreveu:

“Durante um, dois ou três meses (às vezes mais), devaneamos o futuro. Apegamo-nos ao ser que começa a ser gerado cá dentro.

Concedemos-lhe a personalidade que na realidade ele ainda não tem e constituímos sobre algo ainda tão embrionário o fardo de um sublime e devaneado futuro.

O mundo estancou. Tal como a minha mente.

 Permaneci, tal como permaneço ali, naqueles momentos, naqueles instantes longos, a tentar arrancar um sentido daquilo tudo.

Porquê, porquê, Porquê?

São perguntas às quais sei que nunca encontrarei resposta.

Abalei sem o futuro nas mãos. Tal e qual como ainda me sinto…

Deixei-o escorregar-me das mãos.

 No sangue que foi correndo, também eu fui perdendo um pouco da felicidade que tinha dentro de mim…

O sentimento de injustiça foi o primeiro a surgir.

Depois veio a negação. Inexistiam sintomas de que algo estava assim tão errado.

Não... Não podia ser tão mau....

Já estava tudo a correr bem....

Porquê tudo outra vez?

Ou porque não foi tudo como da ultima vez?

Um susto....

Não podia ser... Eles só podiam estar errados...

Procurei freneticamente em toda a internet, respostas...Letras, palavras, que me podessem iludir .... 

Procurei ao mesmo tempo que na mente corriam as letras

P O R Q U Ê?

Procurei, procurei, procurei. Procurei, na esperança de encontrar relatos de diagnósticos falhados. Encontrei alguns, mas poucos. 

Mas, no fundo eu sabia qual era verdade…

 E agora, como estou?

Vivo, ou já perdi parte de mim e como estou, também morri?”

CLR

18
Mai19

Longo Caminho para Casa- Trinta e Sete


Longocaminhoparacasa

aborto-e1533396154968

As estrelas iluminam a noite, o sol vai iluminando o dia, mas a vida nem sempre faz o sol sorrir e as estrelas brilhar…

A vida nem sempre corre como ambicionamos.

Às vezes os instantes de emancipada fortuna acabam por transformar-se em momentos de dor, em que pura e simplesmente não lhe inventamos o sentido.

A verdade é que a natureza sabe muitas vezes mais do que nós, e age para nos poupar de maior sofrimento no futuro.

A natureza é sábia….

Esta era a frase que Maria mais tinha nos ouvidos…

Ela gostava muito de escrever, mas naquela época nem conseguia falar, quanto mais escrever…

Só conseguia pensar em como a dor se tornou tão sua amiga nos últimos meses, nos últimos anos…

Nos seu olhar podia reconhecer-se o brilho do sofrimento.

No sorriso havia a transparência forçada de quem não consegue esconder a dor...

Pouco falava. No trabalho, em casa, com os amigos, até com os familiares mais chegados... 

Tinha passado a ser um assunto tabú... Como se isso de alguma forma lhe pudesse amortecer o sofrimento...

CLR

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D