Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A sina, o caminho, ou simplesmente uma história. Um caminho igual a tantos outros, ou, uma história de vida, semelhante a tantas outras vidas. Uma história vivida, ou apenas fruto da minha imaginação.


21
Mai19

43

Maria adorava o seu refúgio, e nesta fase tão repleta de felicidade queria ir partilha-la com os pais e a família mais próxima.
O seu anjo, tinha voltado a desaparecer...
Mas, desta vez, Maria sentia paz. Não sentia aflição, medo... Sentia que tinha a força que precisava dentro de si, e que estava tudo bem. 
Sentia-se feliz, protegida, e que estava tu
do bem, no céu, e na terra.
Pediu a Filipa que lhe preparasse as roupas e a casa, porque se iriam ausentar durante o fim de semana grande que se aproximava.
Chegada do escritório, Maria pega na trela do Rex, e sorri ao vê-lo aos saltos, como se tivesse molas nas patas.
Vai a sair e ouve o elevador a trabalhar, estava a subir e parou no andar de Maria.
No ar pairava um cheirinho maravilhoso a pudim, acabadinho de fazer, tão maravilhoso que Maria quase lhe sentia o paladar.
Assim que se abre a porta, a vizinha do andar de baixo, a D. Rosa, num esticar de braço passa-lhe para a mão o maravilhoso amora de pudim regado com um excelente sorriso. 
- Aqui tem Maria, um miminho para si. É para comemorar!- disse Rosa
- Oh vizinha, obrigada, muito obrigada – disse Maria com sorriso em voz sumida de tão emocionada que ficou.
Rosa volta a vestir o seu melhor sorriso e diz:
- A avozinha, ia adorar entrega-lo pessoalmente, mas encomendou-me a mim o serviço menina.
Ela está muito contente. Está Radiante!- disse Rosa, ao mesmo tempo que fecha a porta do elevador.
Maria ficou branca como a tinta que revestia as paredes. Subitamente sentiu uma tontura, e numa névoa avista a imagem do Rex transformar-se numa nuvem de rosto conhecido que num salto superior à sua altura, se espavoriu pelo ar.
Filipa, é alertada pelo som do ganido de aflição do Rex, e abre a porta, mesmo a tempo de segurar Maria.
- Maria, que se passa, sente-se bem? Oh valha-nos Deus – lamenta Filipa em tom de aflição, enquanto ampara Maria, para que esta não caísse.
- Eu estou bem, diz Maria vestindo o seu sorriso em modo nervoso
- Já passou, foi só uma Tontura, diz Maria tentando descansar Filipa.
Entretanto chega Luis que fica aflito com o aparato que encontra, à porta.
- Que se passa amor? 
- Nada, está tudo bem, foi só uma tontura própria do meu estado. Ou então foi porque não me apetece ir passear o Rex e apetece-me mais provar esta delicia que a D Rosa me trouxe agora mesmo.
- Numa gargalhada geral, o clima é amenizado.
- Filipa oferece-se para levar o Rex a passear, enquanto Luis acompanha Maria a casa, para saborearem o pudim encomendado pelo anjo a Rosa.
Completamente deliciada, de brilho nos olhos, Maria leva a colher à boca e lentamente sente o paladar daquilo que lhe era tão familiar.
Repentinamente, é acordada do seu estado de êxtase quando sente com um valente esticão dentro da barriga. 
Arregala os olhos, em direcção à barriga, e imediatamente levanta a cabeça à procura do olhar de Luis que de sorriso aberto acabara de assistir à cena mais maravilhosa que alguém pode querer assistir naquele momento.
Acaricia a barriga de Maria, e sente com Maria, o melhor agradecimento e o maior milagre que a natureza lhes podia dar. Sentem o seu amor a crescer, e a interagir com eles.
Era oficial, no céu e na terra, a noticia já era conhecida e estava alí mais que provado a existência de algo tão especial e maravilhoso, não se podia pedir mais nenhum sinal...
O amor respondeu a Maria, quer do céu, quer dentro de si.
CLR
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D