Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A sina, o caminho, ou simplesmente uma história. Um caminho igual a tantos outros, ou, uma história de vida, semelhante a tantas outras vidas. Uma história vivida, ou apenas fruto da minha imaginação.


13
Mai19

Longo Caminho para Casa - Nove

por Longocaminhoparacasa

                            44213878_734208833594916_5293722315316527104_n

 

Ela era e é uma mulher muito bonita. Uma digna princesa, menina e mulher. Alta, para o normal das mulheres portuguesas, muito magra e também muito atraente.
Com um corpo encantador, sensual, fascinante e sedutor, de fazer parar o olhar de qualquer um… Mesmo o mais exigente. Até o seu!
Ao contrário das falsas louras oxigenadas, esta usava longos cabelos doirados. Loiro escorrido pelos ombros, ora liso, desfrisado, ora em forma de canudos, ora em longos e dourados caracóis, emoldurando-lhe um rosto de uma beleza com tanto de sensual como de angelical…
Vestia uns grandes e esbeltos olhos azuis, incisivos e límpidos mas desconsolados. 
A beleza daquela mulher, e a melancolia que via nos seus olhos, fizeram desde logo tremer algo dentro de si…
Cada vez que com ela se cruzava, não podia desviar os olhos dos dela. Parava a contempla-la com o deslumbramento dos seus cinco sentidos.
Uma deusa parecia sussurrar uma voz altiva dentro de si…
Nunca se tinha sentido assim tão desvanecido pelos olhos de alguém. 
Os dela tinham tanto de claridade e profundidade como de tristeza… 
Um azul do céu cristalino, com um anel azul-escuro a circundá-los, fazendo-me lembrar o mar, com tantas cores… Pequenas ilhas cor de mel e pequenos pontinhos pretos pairam naquele forte olhar…
Uma boca incrivelmente bem desenhada. Rosada e pintada com dois lindos traços de veludo naturais. Os lábios enfeitiçados que se adivinhavam já, doces e carnudos…
A sua pele é de um branco tépido, mas naquele momento apresentava um tom dourado, adivinhando o fim das férias recentes em praia de muito sol…
Por debaixo dos seus tops e das suas mini saias justas, presas à sua delgada e rija cinturinha, adivinhavam-se umas sedosas pernas longas, musculadas e muito bem feitas, assim como as outras linhas sensuais das curvas do seu jovem e gracioso corpo…
Os seios plantados no peito musculado, pareciam ainda recém nascidos mas viam-se já túrgidos de uma secreta veemência prontinha a estrepitar.
Nada nesta beleza fatal, fazia dissimular o seu carácter: o nariz altivo, a por vezes cega determinação, a teimosia, a arrogância, a desconfiança.
O medo de mostrar os medos, ou parecer fraca, fazia dela um autêntico touro em plena arena. Divertia-se dando cornadas e toireando todos os homens que lhe mostravam os dentes.
Via nela, uma autentica matadora e um touro terno de lide… Uma Maria rapaz, e uma linda, sexy e sensual mulher… Uma beleza natural, sem retoques, e uma autenticidade que irradiavam numa autoconfiança impressionante, como de facto ele nunca tinha visto.
Uma deusa, a sua deusa, princesa, menina, mulher.
Ela a mulher da sua vida, ele, também seria, até há pouco tempo, o homem da sua vida!
Embora perdidamente apaixonados um pelo outro, a guerra continua de 6 anos de namoro, não permitiu que ficassem juntos levando-os a tomar uma decisão que modificaria irremediavelmente a vida de ambos…
E este foi apenas um dos seus caminhos percorridos, até encontrar o caminho, o seu caminho de casa...

CLR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:08


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D