Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A sina, o caminho, ou simplesmente uma história. Um caminho igual a tantos outros, ou, uma história de vida, semelhante a tantas outras vidas. Uma história vivida, ou apenas fruto da minha imaginação.


13
Mai19

Longo Caminho para Casa - Doze

por Longocaminhoparacasa

      doze

Aquele que viria a ser a sua primeira lição de vida, foi também sem duvida a primeira lição que não foi aprendida…
Uma aventura, em muitas noites de céu estrelado, iluminados num amor sempre sonhado que acorda em pesadelo… Mais uma vez a sua técnica preferida, a fuga… A fuga, foi desde sempre a sua arma preferida… E mais uma vez, não hesitou em usa-la, como quem arruma a espada, e levanta o escudo, para se proteger…
De volta à sua vida, aceita reconstruir, aquilo que ambos vieram a perceber ser uma ilusão…
Ela começa a sobreviver numa estrada por si construída, ele começa a revelar-se a pessoa que ela nunca tinha conhecido…
Duas primaveras em permanente sono de pesadelo, foram o limite conseguido na duração da dita reconstrução… Reconstrução na ilusão daquilo que nunca devia ter sido reconstruído…
Rezava ela ao percorrer seu caminho de casa, no mês de Abril, do bendito ano de dois mil, e eis que por ironia do destino encontra o rosto de quem fugiu…
Desta vez, não usa da sua arma preferida… E ambos vivem aquilo que teria sido o começo de uma casa… Com um preambulo de mais dois anos de vida…
Durante esses dois anos, ela acaba a relação que tinha, passados uns meses…
E vivem aquilo que parecia ser aos olhos de todos, um amor proibido… Principalmente da ética e dos bons costumes…
CLR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D